press release

Resultados da 34ª Escolar Office Brasil trazem novas perspectivas para o setor de papelarias

Com recorde de público, evento gerou muitos negócios para as 138 marcas expositoras

São Paulo, 04 de agosto de 2022 – A 34ª Escolar Office Brasil atraiu um público 40% superior ao registrado em 2019. Uma edição considerada histórica por expositores e pela Francal Feiras, organizadora do evento.  Foram quatro dias de muitos lançamentos apresentados pelas 138 marcas e conteúdos oferecidos na Escolar Experience e no Anpop Brasil Lab, dois espaços onde empresários e consultores do setor debateram as tendências e soluções para impulsionar as vendas ao longo dos próximos meses. A presença de papelarias, distribuidores e indústrias nas plataformas digitais também foi um dos temas âncoras discutidos na Escolar. 

Mais de 16 mil visitantes circularam pelo Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, entre os dias 31 de julho e 3 de agosto.

“Nem em sonho a gente imaginou uma visitação tão expressiva e qualificada como a que tivemos nesta edição da Escolar”, garantiu Fernando Ruas, diretor de Negócios da Francal Feiras. Os compradores vieram em peso e o que ouvimos do expositor é de que houve recorde absoluto de vendas realizadas na feira, muitos com a linha de produtos esgotada para o resto do ano.”

Luciana Ramos, head de Produto da Escolar, concorda com Ruas. Na sua opinião a feira foi muito além das expectativas. “Nós estávamos animados, mas não imaginávamos que a visitação seria nesse nível. Superamos a visitação de 2019, que foi uma edição muito boa também”.

Seguindo a tendência de crescimento da presença e das vendas online das papelarias, a Escolar deste ano modificou o tradicional espaço conhecido como Papelaria Modelo, onde eram apresentadas as boas práticas de VM para as lojas, que passou a ser chamado de Lounge WOW!. “Agregamos o mundo virtual e o espaço foi destinado aos influenciadores, sem deixar de apresentar outras inovações do segmento”, explica Luciana.

Outra novidade foi a primeira edição do Prêmio Excelência em Papelaria que já nasce como principal premiação anual do setor e com abrangência nacional. Foram escolhidas as empresas que se sobressaíram ao longo do ano nas categorias Inovação, Presença Digital e Experiência do Cliente, além do Destaque do Ano para a empresa que conquistou a maior pontuação considerando as três categorias, vencido pela Art Pel, papelaria sediada em Poços de Caldas (MG).

Rodada de negócios e caravanas para 2023

A Francal Feiras já prepara algumas novidades para a próxima edição da Escolar Office Brasil. A começar pela ampliação do espaço. De acordo com Ruas, serão disponibilizados mais mil metros quadrados. “É o possível, mas seria necessário mais, pois temos muitas empresas que não estiveram este ano e que querem voltar, inclusive algumas âncoras. Também temos outras que desejam participar pela primeira vez”.

Luciana reforça que a procura por renovação e de novos expositores foi surpreendente. Por isso, já está planejando a realização de rodadas de negócios durante a feira, além de estimular a criação de caravanas de empresários de outras regiões.

Cartão Material Escolar

Durante a Escolar Office Brasil, a campanha do Cartão Material Escolar (CME), ganhou ainda mais visibilidade. O projeto, que já funciona na cidade de São Paulo há dois anos, vem ganhando espaço em outros municípios pelo país. E precisa avançar mais na opinião de entidades e papelarias.

Liderado pela Associação dos Distribuidores de Papelarias – Adispa, o programa é um benefício que possibilita que a família dos alunos adquira os materiais escolares de seus filhos por meio de um cartão ou aplicativo diretamente nas papelarias cadastradas pela Secretaria de Educação, e foi assunto durante todos os quatro dias da feira.

Para João Scortecci, presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional do Estado de São Paulo – Abigraf-SP, que mediou debate sobre o assunto, o projeto traz vantagens para toda a cadeia econômica, especialmente para as papelarias. “Ele gera emprego no comércio local, garante o aumento da arrecadação de impostos locais e da qualidade dos produtos e, ainda, evita atrasos na entrega dos materiais para os alunos”.

Papelaria virtual e redes sociais

As vendas online ganharam impulso durante a pandemia e as papelarias acompanharam essa tendência que será mantida, de acordo com especialistas durante palestras e debates realizados no espaço Escolar Experience. Os conteúdos das talks e palestras estão disponibilizados no canal YouTube.

De acordo com os participantes dos debates, esta iniciativa deve estar integrada às redes sociais que têm um grande potencial para alavancar as vendas das papelarias. Contudo, exigem disponibilidade, persistência e capacidade de reinvenção constante, afirma Ana Daryma Gaiga Cioffi, diretora de marketing da Papelaria Art Pel.

Expectativas superadas

A Escolar Office Brasil mostrou a força da economia do setor de papelaria no país. A opinião é do presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica – Abigraf, João Scortecci, e reflete o sentimento de expositores e apoiadores da feira. “Estávamos precisando de um espaço para nos reunirmos depois de dois anos difíceis devido a pandemia. O público foi muito segmentado com a presença de profissionais do setor. E o mais importante, com muita qualidade, além do excelente volume de visitantes”.

Já Sidney Bergamaschi, presidente da Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares – Abfiae, entende que “a feira mostrou que todos estão apostando em um momento melhor”. “Tivemos um ótimo movimento, com grande parte de clientes vindos de fora de São Paulo. Sem dúvida, o fato de termos passado por um longo período sem feira também fez com que as pessoas viessem em busca de contato humano. Todos estavam com saudades desse relacionamento próximo. Mas nosso setor, particularmente, sofreu com o fechamento das escolas e a volta às aulas é o grande motivador para as papelarias virem atrás de novos produtos”.

Liderando a luta pela implantação do Cartão Material Escolar em todo o país, Márcia Alves, diretora executiva da Associação dos Distribuidores de Papelaria – Adispa, afirmou que “a Escolar é um braço muito importante para o setor, que é carente de canais que aproxime seus integrantes, as papelarias, os fornecedores e a indústria”.

Pela primeira vez na feira, o Anpop Brasil Lab, lounge com conteúdos voltados para os diferentes segmentos da organização, também esteve movimentado todos os dias. A iniciativa é da Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade.  Simone Fornaciari, diretora da associação, conta que “sempre participamos como convidados e palestrantes. Foi uma experiência magnífica, pois pudemos mostrar como a organização auxilia tanto as papelarias como os expositores. E tivemos a grata surpresa de receber uma visitação muito interessada nas temáticas que desenvolvemos.”

Entre os expositores a empolgação também foi grande. Miguel Caldo, gerente de Marketing da KAZ, lembrou que a empresa apostou alto na feira e obteve sucesso. “A feira foi ótima. Gostamos muito de participar, depois de dois anos de dificuldades no mercado. Fizemos um bom investimento para estarmos em um local privilegiado e trouxemos 28 representantes comerciais para atender nossos clientes. Faturamos alguns milhões. Ficou dentro do previsto”.

Após dez anos sem participar do evento, a Acrilex ficou satisfeita com os resultados. Jonny Duarte, gerente de Marketing da empresa, revela que “os resultados foram perceptíveis já nos primeiros dias. O volume de clientes interessados nos nossos lançamentos foi surpreendente, imaginávamos que o evento seria bem movimentado, mas realmente ultrapassou as nossas expectativas.  A feira é uma ótima oportunidade de fazer negócios e planejamos retornar na próxima edição.”

Já a Tilibra, que marcou presença nas últimas edições da feira, preparou dezenas de novidades e conseguiu atingir suas metas, de acordo com Leticia Moraes, do marketing. “Sempre fizemos parte da Escolar Office Brasil e esse ano não poderia ser diferente. Trouxemos um mix de produtos bem amplo para essa edição. A feira é uma oportunidade maravilhosa de apresentar as novidades para setor de papelaria, os clientes conseguem manusear o produto e tirar todas as dúvidas, e esse contato faz muita diferença no fechamento do negócio. Tivemos um estande bem movimentado, o segmento de papelaria está voltando a se aquecer, e estamos bem esperançosos para o volta às aulas 2023, até porque a volta às aulas 2021 já foi muito boa. Com certeza retornaremos nas próximas edições.”

Larissa Polesello, coordenadora de Marketing da Summit, lembrou que a empresa participou da feira para fazer relacionamentos, sem a preocupação de vendas. “Já esperávamos um bom movimento. Mas superou muito nossas expectativas. Nós não trabalhamos para vender durante a feira. No entanto, fizemos ótimos contatos e recebemos muitos clientes em busca de novidades e várias papelarias novas, prospectando fornecedores. Vamos fazer bons negócios após a feira.”

Apoio Institucional: ABIGRAF SP – Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo; ABIACAV – Associação Brasileira das Indústrias de Artefatos de Couro e Artigos de Viagem; ABFIAE – Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares e de Escritório; ANPOP Brasil – Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade; Brasil Escolar – Rede Nacional de Papelarias; e SIMPA – Sindicato do Comércio Varejista de Material de Escritório e Papelaria de São Paulo e Região.

Sobre a Francal Feiras

Promotora de eventos com capital 100% nacional, a Francal Feiras é um dos principais players do mercado de feiras de negócios e contribui não só para o desenvolvimento econômico e social dos diferentes setores em que atua por meio dos 12 eventos de seu portfólio, como também movimenta efetivamente a economia dos locais onde eles são realizados.

Movida pela mesma velocidade que afeta a sociedade de consumo e o ambiente de negócios, a Francal Feiras oferece ao mercado entregas inovadoras por meio de eventos que servem como uma importante plataforma de negócios, experiências, conexão e conhecimento para toda a cadeia produtiva. Com mais de cinco décadas de atuação, é referência no Brasil e reconhecida no exterior.

Mais informações para a imprensa:

Marcela Lage | Myrian Vallone | Teresa Silva

2PRÓ Comunicação

imprensa@francal.com.br

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência.