Expositores

Samsonite tem coleção em parceria com a italiana Diesel

 

Na nova linha, há malas, trolleys, mochilas e bolsas

 

A Samsonite e a marca de moda italiana Diesel se juntaram para lançar uma nova coleção de malas, trolleys, mochilas e bolsas projetados para atender às necessidades de quem viaja com frequência. Além de design original, a linha apresenta uma série de funcionalidades inteligentes, como cabos embutidos e entradas USB externas para facilitar a recarga de dispositivos eletrônicos.

 

A coleção Samsonite X Diesel reinterpreta três modelos icônicos da Samsonite com o DNA da Diesel. As malas rígidas Neopulse apresentam um fechamento TSA integrado, rodas deslizantes duplas que ostentam o logotipo Diesel com uma cabeça com moicano, interiores organizados e alças retráteis; elas estão disponíveis em quatro tamanhos, com preços que variam de 309 a 369 euros.

A linha casual Paradiver Light inclui uma mochila para laptop, uma mala com rodinhas com tamanho para levar na cabine do avião, e duas malas maleáveis com rodinhas, feitas de um tecido especial resistente à água e à sujeira; os preços variam de 129 a 259 euros.

Por fim, a linha business Openroad oferece uma mochila para laptop e uma mochila para finais de semana, a 179 e 199 euros, respectivamente.

A nova coleção Samsonite X Diesel busca representar o equilíbrio que se vive hoje, entre o que é privado e o que compartilhamos publicamente nas redes sociais. Este é também o lema da campanha de comunicação fotografada em São Paulo, na qual os protagonistas mostram lados aparentemente contrastantes de sua personalidade.

“O conceito que emerge dessa campanha é que todos os aspectos de nossa personalidade, públicos ou privados, constituem a pessoa em sua totalidade”, explicam as duas empresas.

A coleção Samsonite x Diesel está disponível online, nas lojas Samsonite e Diesel, em lojas de departamento, e varejistas selecionados de artigos para viagens.

 

Leia também: Saiba como cuidar melhor dos seus pincéis

 

Leia também: Gimba investe R$ 3 milhões para abrir lojas em São Paulo

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais